Capacitação aborda inclusão, diversidade e direitos humanos

Antecedendo a volta às aulas do segundo semestre dos equipamentos geridos pela Secretaria da Cultura (Secult), professores das unidades e servidores administrativos da pasta participam esta semana de uma capacitação, com a temática “Inclusão, Diversidade e Direitos Humanos”. A ação foi aberta nesta terça-feira (5/7), no foyer do Teatro Cidade do Saber.

O objetivo é mobilizar os colaboradores para que adotem práticas de acolhimento adequadas aos alunos atendidos pelos espaços da Secult, e demais público interno e externo. Além disso, pretende sensibilizar e ampliar a cultura do respeito às diversidades de inclusão e de acessibilidade no dia a dia da secretaria.

A abertura contou com apresentações musical e de capoeira, além de participação do professor Paulo Carrilho, que ensinou técnicas respiratórias, mantras e posturas da yoga, e promoveu meditação. Na oportunidade, o procurador-chefe da Câmara Municipal de Camaçari, Iago Santos e Santos, ministrou a palestra “Direitos Humanos e Cidadania”.

Para o subsecretário da Cultura e presidente do Conselho Municipal de Cultura, Luciel Neto, esta capacitação é fundamental para promover a transformação. “Nós estamos o tempo todo em mudança, e elas precisam estar atentas ao mundo. A educação é justamente esse processo de troca. Desejo que essa semana seja de muito conhecimento e também bons sentimentos”, disse.

O professor de teatro Danilo Santiago avaliou de forma positiva a atividade. “É importante, porque agrega conhecimento e nos deixa atentos às mudanças em que vivemos, possibilitando que passemos o melhor para os nossos alunos, além de nos tocar como seres humanos”, afirmou.

Leidiane Bispo, professora de zumba, também aprovou a iniciativa. “Uma mudança na nossa vida pessoal e também profissional, ajudando no dia a dia com os alunos e nossos colegas de trabalho. Muito bom estar adquirindo novas informações, principalmente em um assunto tão rico, que é os direitos humanos”, destacou.

A capitação prossegue até a sexta-feira (8/7), confira a programação:

Quarta-feira (6/7)

8h30 às 12h – Mesa de debates e relatos de experiências
Tema: Relações Étnico-Raciais
Facilitadores: Juipurema Sarraf Sandes, doutor e mestre em Estudos Étnicos e Africanos, e doutor em Epistomologia da História; Luciel Machado Neto, advogado, subsecretário da Cultura e presidente do Conselho Municipal de Cultura; e professor Átila Borges, historiador e coordenador de Patrimônio da Secult.

Quinta-feira (7/7)

8h30 às 10h – Mesa de debates e relatos de experiências
Tema: Inclusão de Pessoas com Deficiência (PcD’s)
Facilitadores: professor Adelson Vitoriano dos Santos, coordenador de Esportes da Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude (Sejuv); e Mário Ferreira, psicólogo Clínico e terapeuta familiar.

10h às 12h – Mesa de debates e relatos de experiências
Tema: Diversidade Sexual e de Gênero
Facilitadores: Carlos Silva, coordenador do Núcleo de Políticas Públicas de Cidadania e Direitos LGBTQIA+ e gerente de Diversidade Sexual da Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes); e José Anísio Severino Filho, da Coordenadoria de Igualdade de Direitos e Combate à Discriminação da Sedes.

Sexta-feira (8/7)
8h30 às 12h – Oficinas interativas: orientações pedagógicas a partir das temáticas trabalhadas durante a semana
Mediação: Devson Marinho Luz, presidente da Comissão de Ações Transversais da Secult; Elizabethe Santina, gerente de Cultura da Secult; e Diltomar Almeida, gerente de Esporte da Sejuv.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *