Centro Cultural Vila de Abrantes é entregue à população

Mais cultura para a comunidade da Costa de Camaçari. Com este propósito, a Prefeitura inaugurou, nesta quinta-feira (26/5), o Centro Cultural Vila de Abrantes. Após passar por requalificação, o equipamento abriga a Biblioteca Ler é Preciso, além de um novo local, o Espaço Tupinambá, o que significa a ampliação dos serviços ofertados. Em clima de música, com o cantor Adah Brito, e com a presença de estudantes da Escola Municipal Eliza Dias de Azevedo, o prefeito Elinaldo Araújo festejou a entrega do centro. “Vila de Abrantes é um local que sempre me traz muita emoção. Uma população ativa, que luta pelos seus direitos. Este espaço é um marco e faz parte de uma série de ações que vem transformando o distrito”, destacou o gestor, ao acrescentar, “estamos vivendo um novo momento da cultura em Camaçari”. O Centro Cultural Vila de Abrantes recebeu serviços de substituição da cobertura; paisagismo; requalificação de esquadrias; instalação do sistema elétrico e hidrossanitário; pintura; acessibilidade com criação de sanitário para pessoas com deficiência; repaginação do layout interno; e criação de um quiosque para atividades ao ar livre. A titular da Secretaria da Cultura (Secult), Márcia Tude, pontuou que o novo Espaço Tupinambá possibilitará que sejam desenvolvidas atividades como cursos e oficinas de artesanato, teatro e dança. “É um dia de muita alegria. Este espaço promoverá a multiplicação da cultura e ampliação dos horizontes para aqueles que desfrutarão do equipamento. Foi um anseio da população de Abrantes que a Secult, juntamente com a Seinfra [Secretaria da Infraestrutura], que executou a obra, pode agora está realizando”, afirmou. “Tudo isso graças à sensibilidade do prefeito Elinaldo em entender que a educação e a cultura são transformadoras. Prova disso, é que é considerado o prefeito que mais investe em cultura na Bahia. Só em editais, foram R$ 16 milhões investidos”, pontuou Márcia Tude. A Biblioteca Ler é Preciso conta agora com um acervo de cerca de 3.300 livros, entre infantis, literaturas nacionais e internacionais, e generalistas. As obras estão disponíveis para leitura e pesquisa no local, e também para empréstimo. Para o subsecretário da Cultura e presidente do Conselho Municipal de Cultura, Luciel Neto, este é um espaço de transformação de vidas. “Aqui, crianças e pessoas de diferentes idades podem vir ler, desfrutar de atividades lúdicas, para formar e possibilitar que elas possam contribuir para tornarmos o mundo muito melhor”. Também participaram da inauguração, o vice-prefeito José Tude; o titular da Prefeitura Avançada da Costa, José Cupertino; os secretários do Desenvolvimento Econômico, Waldy Freitas; da Infraestrutura, Joselene Cardim; e da Mulher, Fafá de Senhorinho; os vereadores Dr. Samuka, Val Estilos, Gilvan Souza e Professora Angélica; além do padre da Igreja do Divino Espírito Santo, Edson Bahia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *