Secult apresenta ações e metas da pasta durante audiência da LDO

Durante a audiência pública sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2023, realizada no auditório da Segov nesta quinta-feira (5/5), a secretária da Cultura, Márcia Tude, apresentou as ações desenvolvidas pela pasta municipal e as metas e prioridades para o próximo ano.
Aberta para a sociedade civil e também transmitida de forma on-line, o evento teve o intuito de discutir coletivamente o projeto de alocação de recursos da gestão para execução do orçamento de 2023.
Na oportunidade, a secretária explanou sobre o programa Cultura Todo Dia e os subprogramas, através dos quais são promovidas as iniciativas da Secult. Entre as obras em andamento, está a do Museu de Camassary, que deve ser entregue no mês de junho. “A construção integra a requalificação do Centro Histórico, e até ano que vem, queremos entregar o Arquivo Público”, destacou.
Ainda está em execução as obras dos centros culturais Vila de Abrantes, com perspectiva de ser inaugurado este mês, e de Barra do Pojuca; atividades como o Prêmio Fotografe Camaçari, Sexta da Música, e o concurso cultural A Voz de Camaçari Kids.
Também foi pontuada por Márcia Tude, a troca do piso do ginásio esportivo da Cidade do Saber, e serviços para instalação do novo sistema refrigeração do teatro do complexo. O objetivo é que os serviços de requalificação do equipamento sejam ampliados.
Entre as ações previstas para 2023, está o lançamento de mais de 20 editais, implementação do Bolsa Artista e Vale Cultura, Prêmio Camaçari de Literatura, e um grande festival com atrações musicais nacionais.
Também participaram da audiência pública o subsecretário da Cultura e presidente do Conselho Municipal de Cultura, Luciel Neto, a assessora Chefe da Secult, Guida Schnitman, o coordenador de Patrimônio, Átila Borges, o coordenador Jurídico, Paulo Roberto Nieto, e equipe técnica da pasta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *