Inscrições para o A Voz de Camaçari Kids abrem na próxima terça (22)

Com o sucesso da primeira edição do concurso cultural A Voz de Camaçari, realizado em 2019, a Secretaria da Cultura (Secult) oportuniza agora que o público infantojuvenil também possa ter seu talento musical revelado. Para tanto, na próxima terça-feira (22/3), serão abertas as inscrições para A Voz de Camaçari Kids, voltado para crianças e adolescentes de 9 a 17 anos, residentes do município.

As inscrições podem ser feitas de segunda a sexta, das 9h às 17h, até o dia 5 de maio, e das 9h às 12h do dia 6 de maio, na Comissão Especial de Avaliação da Secult (CEASC), localizada na Cidade do Saber. O processo de inscrição também acontecerá de forma itinerante, das 9h às 17h. Nos dias 19 e 20 de abril, o atendimento acontece nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) de Barra do Pojuca, do Verdes Horizontes e do Burissatuba. Já no dia 20 de abril, a inscrição pode ser realizada no Cras de Monte Gordo.

O interessado também pode optar por fazer a pré-inscrição on-line, que estará disponível a partir das 0h da próxima terça, até as 12h do dia 6 de maio, através de formulário no Portal da Cultura (http://secult.camacari.ba.gov.br), onde deverá ser anexada cópia digital dos documentos solicitados. Após o envio, o candidato receberá por e-mail a comprovação automática de pré-inscrição. Para efetivar a inscrição, o candidato deve se apresentar à CEASC até as 16h do dia 6 de maio, para apresentação dos documentos originais.

Com valor total de R$ 88.500, a iniciativa premiará em dinheiro os 30 melhores cantores mirins, com valores variados, conforme forem avançando nas etapas de classificação. Na fase de apuração, cada um dos 15 candidatos eliminados será premiado com a quantia de R$ 500; na fase de shows nível 1, serão três participantes que ganharão, R$ 1 mil, cada; no nível 2, mais três candidatos contemplados com R$ 1.500, cada; e na fase de shows nível 3, três outras crianças receberão, cada uma, R$ 2 mil. Na semifinal, os três eliminados receberão, cada um, R$ 2.500.

Na grande final do concurso cultural, o cantor mirim que ficar em terceiro lugar, será premiado com R$ 10 mil; o segundo lugar, recebe R$ 20 mil; e o primeiro colocado, ficará com o valor de R$ 30 mil.

Os critérios de avaliação serão divididos em quatro etapas, sendo elas: habilitação documental, pré-seleção, audição, e seleção/concurso. Para atribuição de notas pela Comissão de Pré-seleção e Audição Artística, bem como para o embasamento da avaliação pelos jurados, serão levados em conta os seguintes critérios: adequação geral; afinação; carisma e presença de palco; interpretação e técnica vocal; repertório e ritmo.

A terceira e última etapa será transmitida pela TV Camaçari Cultura, em um programa semanal com o mesmo nome dado ao concurso cultural, A Voz de Camaçari Kids. Nessa fase, o candidato terá ao seu dispor uma banda formada por diretor musical, tecladista, baixista, percussionista, guitarrista, baterista, saxofonista e dois backing vocals.

Documentação – É preciso apresentar os seguintes documentos do menor: cópia do RG e CPF ou, caso não possua tais documentos, da certidão de nascimento; e pen-drive, CD, link ou arquivo com gravação de vídeo, de no máximo um minuto, com apresentação de canto, podendo ser apresentado em gravação simples, realizada através de celular, desde que seja possível ter boa audição do material.

Sobre a documentação do responsável legal, a lista inclui: cópia do RG e CPF do responsável e também dos maiores autorizados (tutores substitutos) a acompanhar o menor durante as fases do concurso; comprovante atualizado de residência em Camaçari (caso o comprovante não seja em nome do responsável, anexar a declaração de comprovação de residência); cópia do espelho do cartão do banco com o número da conta em nome do responsável; certidão conjunta de débitos relativos a tributos federais e à dívida ativa da União; comprovante de situação cadastral no CPF, certidão negativa de débito municipal; número do PIS/PASEP/NIS ou NIT; qualificação cadastral no e-social válida; e caso o responsável legal não seja genitor do menor, comprovação jurídica da guarda ou tutela.

Não poderá participar qualquer candidato cujo responsável legal exerça cargo comissionado na prefeitura, seja servidor do órgão executor da política cultural do município, na condição de efetivo ou terceirizado, ou que possua parentesco de até segundo grau com servidores da Secult.

A Cidade do Saber fica situada na Rua do Telégrafo, s/nº, Centro. No equipamento também está localizado o Núcleo de Orientação Cultural (NOC) da Secult, setor disponível para ajudar e orientar sobre inscrições em editais, para quem tiver dificuldades ou dúvidas. O contato pode ser feito ainda através do e-mail contatoceasc@gmail.com ou através do atendimento virtual no WhatsApp, pelo número (71) 99981-7918.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *